segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Cidadania italiana passo a passo


Compartilhando algumas informações a respeito de todos passos envolvidos no processo de reconhecimento da cidadania italiana, para auxiliar seu planejamento e sua organização!

O que é cidadania iure sanguinis?


De acordo com a legislação italiana, aqueles com ancestrais italianos possuem nacionalidade italiana pelo laço sanguíneo (iure sanguinis), ou seja, já nascem italianos, bastando apenas o procedimento de efetuar a transcrição da certidão de nascimento perante o comune (município). Isso é uma oportunidade incrível! 

Na hipótese de reconhecimento de cidadania italiana iure sanguinis, os efeitos são retroativos, ou seja, assegurados / efetivos a partir do nascimento do requerente, razão pela qual se difere do procedimento de naturalização, como detalhado nessa outra publicação: cidadania por laço de sangue e por matrimônio (naturalização).

Por isso que o nome técnico desse procedimento em italiano é riconoscimento della cittadinanza italiana iure sanguinis, pois seu fundamento é justamente a comprovação documental do laço de sangue com um antepassado italiano



Esse antepassado é denominado, pela legislação italiana, de antenato, sendo que o processo é baseado na apresentação das certidões de nascimento, casamento e óbito de toda linha ascendente do requerente, incluindo a denominada Certidão Negativa de Naturalização (CNN), para evidenciar que o antenato não perdeu a nacionalidade italiana por eventual naturalização em nacionalidade diversa.


O que é um italiano nascido no exterior (italiano nato all'estero)?

O aspecto mais fascinante disso tudo é que o processo de reconhecimento da cidadania significa apenas que seu status como cidadão italiano foi apenas reconhecido posteriormente pelas autoridades competentes, pois o requerente já é considerado cidadão italiano desde o nascimento!

Dessa forma, como o fundamento legal para apresentar o requerimento de reconhecimento de cidadania é o laço sanguíneo, (legami di sangue), esse tipo de procedimento é denominado, como dito, riconoscimento della cittadinanza italiana iure sanguinis.

O conceito estabelecido pela legislação italiana para descrever essa situação bastante particular é italiano nato all'estero, ou seja, é um italiano (de sangue) nascido no exterior!

Tais explicações são baseadas nos termos da legislação italiana pertinente: nuove norme sulla cittadinanza - Legge 5 febbraio 1992, n. 91, bem como riconoscimento del possesso dello status civitatis italiano ai cittadini stranieri di ceppo italiano - Circolare n. K. 28.1, 8 aprile 1991.



Fases do processo de cidadania

Considere os itens seguintes, descritos em resumo: 

(1) primeiramente comprovar que está residindo na Itália por um certo período (inexiste previsão de lapso temporal exato);

(2) solicitar o reconhecimento da cidadania.

Dessa forma, o processo é dividido em duas partes principais, tendo ainda as fases complementares abaixo, detalhadas nos itens posteriores:

(3)  aguardar o retorno do(s) consulado(s) italiano(s) no Brasil, após a solicitação da attestazione di mancata non renuncia, pelo comune italiano;

(4) transcrição da certidão de nascimento perante o comune italiano, com posterior emissão da carta de identidade italiana e passaporte!

Assim, primeiro é solicitada a inscrição como residente do comune, sendo necessário aguardar a visita do vigile urbano para certificar a moradia. Após a inscrição como residente, é possível solicitar o reconhecimento da cidadania italiana!


Como organizar seus documentos

Aqui na Itália será necessário apresentar os seguintes documentos:
- requerente:
(1) certidão de nascimento;
(2) casamento, se houver;
- certidões de toda a linha ascendente até chegar no antenato (antepassado que emigrou da Itália):
- pai:
(3) nascimento;
(4) casamento;
(5) óbito, se houver;
- avô:
(6) nascimento;
(7) casamento;
(8) óbito, se houver;
- bisavô:
(9) nascimento;
(10) casamento;
(11) óbito;
- trisavô:
(12) nascimento;
(13) casamento;
(14) óbito;
(15) CNN - Certidão Negativa de Naturalização do antenato.

Requisitos dos documentos brasileiros

- cada certidão brasileira precisa ser emitida em INTEIRO TEOR;
- cada certidão brasileira emitida em inteiro teor necessita de apostilamento de acordo com a Convenção de Haia, para lhes conceder validade internacional;
cada certidão brasileira emitida em inteiro teor deve ser traduzida ao Italiano mediante tradução juramentada;
- cada certidão traduzida necessita da firma reconhecida do tradutor juramentado; 
- cada certidão traduzida necessita de apostilamento de acordo com a Convenção de Haia;
- Certidão Negativa de Naturalização do antenato (CNN): apostilamento da via original;
- Certidão Negativa de Naturalização do antenato (CNN): apostilamento da via traduzida.


Você sabe a diferença entre busca de documentos e genealogia?

(a) Busca de documentos: quando a família possui as informações exatas a respeito do comune de nascimento do antenato, sendo necessário solicitar a emissão do documento perante o comune ou paróquia responsável, disponível no prazo médio de 30 dias, dependendo do fluxo de trabalho no comune ou paróquia.
(b) Pesquisa genealógica: caso seja necessário efetuar pesquisa para descobrir a origem da família, hipótese na qual primeiramente serão efetuadas buscas preliminares nos bancos de dados disponíveis, além de comunicação com os órgãos responsáveis, com base nas informações transmitidas pela família, de forma a individualizar a região do antenato. Posteriormente, será realizada pesquisa pessoalmente, perante os arquivos de estado, comuni, paróquias e demais locais de armazenamento, dependendo da região, para obtenção de pistas e informações (pesquisas de campo), podendo demorar até 3 meses, em média, dependendo da dificuldade em localizar o documento.

Validade dos documentos

De acordo com a legislação italiana, os documentos possuem validade de 6 meses desde a data de emissão, então é recomendável se programar com base nesse prazo. 

Entretanto, caso seja nosso cliente e possua documentos emitidos há um certo tempo, converse a respeito desse assunto conosco, pois temos boas relações com os oficiais dos comuni e cada caso é diferente e especial!



Cidadania passo a passo

- obtenção da certidão de nascimento ou certificado de batismo (com reconhecimento de firma junto à Curia) do antenato na Itália;
- obtenção da certidão de casamento do antenato na Itália, ou no Brasil, dependendo de quando ocorreu a emigração;
- caso o requerente chegar na Europa em país diverso da Itália, que faça parte do Acordo de Schengen, comparecer perante o ufficio immigrazione na questura (órgão equivalente à Polícia Federal no Brasil, situada na Capital da Província responsável pelo comune no qual é realizada a prática de reconhecimento da cidadania) para carimbar a declaração de presença e comprovar a data de entrada em solo italiano;
Circolare n.32 del 13 giugno 2007 - Legge 28 maggio 2007, n. 68. Soppressione del permesso di soggiorno per turismo. Iscrizione anagrafica dei discendenti di cittadini italiani per nascita.
Legge 28 Maggio 2007 , n. 68 Disciplina dei soggiorni di breve durata degli stranieri per visite, affari, turismo e studio.
- preparação e organização dos documentos para comprovação da residência: contrato de aluguel / cessione di fabbricato / ospitalità;
- comparecimento perante a polizia locale (polícia municipal) para comunicar sua estadia na Itália perante as autoridades competentes, no prazo de 48 horas após entrar na residência alugada, devendo ser preenchido o formulário com os dados do proprietário ou daquele que está fornecendo a hospedagem, bem como ser colhida a assinatura respectiva, seja em caso de contrato de aluguel, seja a título gratuito, nos termos do art. 7 do TUI (Texto Único de Imigração); 
Testo Unico Immigrazione – D. Lgs. 286/1998. 
- emissão do codice fiscale, perante a agenzia dell'entrate (documento equivalente ao CPF brasileiro);
- solicitar a inscrição como residente do comune (iscrizione anagrafica), perante o ufficio anagrafe;
- aguardar a visita do vigile urbano para efetuar o accertamento residenza, ou seja, confirmar se o imóvel possui condições adequadas de habitação, considerando inclusive o número de habitantes, de acordo com o disposto na legislação italiana;
- solicitar o reconhecimento da cidadania italiana perante o ufficio di stato civile (cartório de registro civil);
- aguardar o retorno do(s) consulado(s) italiano(s) no Brasil, dependendo dos locais de emissão das certidões da família, quando da solicitação da attestazione di mancata non renuncia, solicitada pelo comune italiano;
- transcrição da certidão de nascimento perante o comune italiano;
- solicitar a emissão da carteira de identidade italiana;
- efetuar o agendamento de horário na questura, para emissão do passaporte italiano;
- comparecimento perante a questura para buscar o passaporte italiano emitido (pode ser efetuado mediante procuração com finalidade específica).


Duração do processo

O prazo de duração sempre depende do fluxo de trabalho no comune italiano em certo período do ano, seja perante o ufficio anagrafe (responsável pela inscrição como residente), seja perante o ufficio stato civile (responsável pelo procedimento de reconhecimento de cidadania).

Além disso, a duração do processo de reconhecimento depende também do fluxo de trabalho no(s) Consulado(s) Italiano(s) competente(s) no Brasil, dependendo da localização das certidões brasileiras da família, quando da solicitação da attestazione di mancata non renuncia, solicitada pelo comune italiano, sendo é necessário aguardar o retorno do(s) consulado(s) italiano(s) no Brasil. 

Portanto, considere o seguinte no seu planejamento:
- a legislação italiana prevê o prazo máximo de 45 dias para a conclusão do accertamento residenza pelo vigile urbano;
- a legislação italiana prevê o prazo máximo de 90 dias para a resposta do pedido de attestazione di mancata non renuncia, pelo(s) Consulado(s) Italiano(s) competente(s) no Brasil;
- a carta d'identità italiana costuma ser disponibilizada em até 15 dias após a transcrição da certidão de nascimento do requerente perante o comune italiano.

Acima foram informados somente os prazos máximos, para auxiliar a preparação da sua programação! No entanto, os atos podem ser praticados em prazos menores, sendo impossível prever datas exatas, pois inexiste possibilidade de interferir nas atividades praticadas pelas autoridades italianas.

Investimentos envolvidos

- taxas e despesas para obtenção do INTEIRO TEOR das certidões de nascimento, casamento e óbito da linha ascendente do requerente (a comprovação da linhagem familiar é feita de forma documental);
- taxas e despesas para obtenção do INTEIRO TEOR da certidão de nascimento e, se houver, casamento do requerente;
- taxas para tradução juramentada: calculada com base no número de caracteres de cada documento;
- taxas de apostilamento e reconhecimento de firma do tradutor juramentado;
- taxas para retificação de documentos, se necessário;
- despesas com a busca de documentos na Itália;
- despesas com pesquisas genealógicas / etimológicas, se necessárias, caso a família desconheça o comune de origem do antenato na Itália;
- €150,00 de taxas diversas com o processo: fotos, selo, passaporte e carteira de identidade;
- passagens aéreas, alimentação, transportes de lazer, gastos pessoais no geral, passeios acompanhados por cicerone. 

Efetuamos uma análise minuciosa dos documentos de cada requerente, para verificar se estão de acordo com as normas estabelecidas pelos oficiais dos comuni nos quais atuamos na Região do Veneto! 

Consulte o valor especial de honorários que estabelecemos especificamente aos nossos clientes, mediante avaliação primorosa de toda documentação, bem como emissão de relatório analítico e descritivo!

Os itens anteriores são um tipo de resumo de todos os atos envolvidos em todas as fases, para facilitar sua compreensão. Esteja à vontade para fazer perguntas, procuraremos esclarecer todas as dúvidas!



Aqui compartilho curiosidades a respeito do meu processo de reconhecimento, com dicas para lidar com as autoridades italianas: cidadania italiana passo a passo!

Sugestões para economizar e se adaptar na Itália: primeiros passos na Itália.

Dicas para aprender alcançar estados mentais apropriados ao aprendizado de idiomas de maneira ágil e eficaz: como se tornar um poliglota?

Técnicas de aprimoramento pessoal, de forma a se preparar para as etapas do processo de reconhecimento da cidadania: superando bloqueios!


A intenção é compartilhar informações para viabilizar seu planejamento financeiro e sua organização para a estadia na Itália, tanto pessoal, quanto emocional e psicológica! Teremos sempre um canal aberto para trocar ideias! 


Pedimos apenas um pouco de paciência ao aguardar nossa resposta, pois cuidamos de cada caso com muito carinho!

Além do assessoramento para reconhecimento de cidadania italiana, mediante o qual  acompanhamos nossos clientes perante todos os órgãos públicos e preenchemos todos os formulários respectivos, inclusive efetuar toda a análise documental previamente e emitir o relatório analítico e descritivo pertinente, prestamos também serviços de buscas de documentos e pesquisas genealógicas, por isso passamos boa parte do dia perante comuni, paróquias, cúrias e/ou arquivos de estado!


Obter o reconhecimento da cidadania italiana e se tornar um cidadão europeu representa um convite para exercitar o foco, a disciplina, além do jogo de cintura para lidar com imprevistos! É uma jornada transformadora, pessoal, psicológica e emocionalmente! Você vai nascer de novo, aprender muito sobre si mesmo e a respeito da humanidade!

sábado, 26 de janeiro de 2019

Cidadania por sangue e por casamento?

Você sabe qual a diferença entre: (a) reconhecimento de cidadania italiana e (b) naturalização como cidadão italiano por matrimônio?

Além da diferença relativa às etapas de cada procedimento, uma das principais distinções entre as mencionadas categorias diz respeito aos efeitos decorrentes de cada uma: são dois conceitos totalmente diversos!



Na hipótese de (a) reconhecimento de cidadania italiana, os efeitos são retroativos, ou seja, assegurados / efetivos a partir do nascimento do requerente, que é considerado cidadão italiano desde a data do seu nascimento!



Por isso que o nome técnico em italiano é riconoscimento della cittadinanza italiana jure sanguinis, pois seu fundamento é justamente a comprovação documental do laço de sangue com um antepassado italiano

Esse antepassado é denominado, pela legislação italiana, de antenato, sendo que o processo é baseado na juntada das certidões de nascimento, casamento e óbito de toda linha ascendente do requerente, incluindo a denominada Certidão Negativa de Naturalização (CNN), para evidenciar que o antenato não perdeu a nacionalidade italiana por eventual naturalização em nacionalidade diversa.

O aspecto mais fascinante disso tudo, é que o processo de (a) reconhecimento da cidadania significa apenas que seu status como cidadão italiano foi reconhecido posteriormente pelas autoridades competentes, só que o requerente já é considerado cidadão italiano desde que nasceu!

Entretanto, no no caso de (b) naturalização como cidadão italiano por matrimônio, os efeitos são assegurados / efetivos apenas a partir do dia seguinte àquele do juramento. Isso significa que a naturalização é totalmente diferente do reconhecimento, pois o requerente será naturalizado como italiano apenas a partir de uma data específica no curso do tempo, representada por um ato solene e formal que é o juramento, por meio do qual o requerente deverá prometer defender a pátria italiana.

No caso do (a) reconhecimento, o juramento é desnecessário, pois o que acontece é meramente um procedimento burocrático que é finalizado mediante a transcrição da certidão de nascimento brasileira (traduzida e apostilada) perante o Comune (Município) italiano, enquanto que na hipótese de (b) naturalização, o que ocorre é muito significativo perante a República Italiana, já que uma pessoa que originariamente não possui qualquer laço sanguíneo com o antenato italiano, será naturalizada italiana! 

Na prática, isso significa que o cônjuge de cidadão italiano reconhecido não terá o direito automático ao reconhecimento! 

Na verdade, o que é garantido ao cônjuge de cidadão italiano reconhecido é o direito de apresentar o requerimento de naturalização à autoridade italiana competente. Atendidos os pressupostos, haverá um Decreto de Naturalização, de forma a declarar que o requerente é considerado cidadão italiano a partir do juramento.



Requisitos do Processo de Naturalização
  • Casamento civil (no Brasil ou outro país), ou seja, a união estável não é considerada válida;
  • Se o processo for realizado no exterior (fora da Itália): 
    • Pelo menos 3 anos de casamento civil, reduzido pela metade caso o casal tenha filhos;
    • Cônjuge cidadão italiano já reconhecido inscrito regularmente no A.I.R.E (cadastro de italiano residente no exterior);
    • Se o casamento tiver ocorrido no exterior, a certidão de casamento respectiva deve ser transcrita perante o Comune italiano de referência: Estratto per Riassunto dai Registri di Matrimonio, em 2ª via recente;
  • Se o processo for realizado na Itália: pelo menos 2 anos de residência comprovada na Itália (mediante inscrição perante o ufficio anagrafe do Comune, responsável pelos servizi demografici);
  • Prazo de duração do processo: 48 meses / 4 anos a partir da data de protocolo do pedido (prazo atualizado, vigente a partir de 5 de outubro de 2018), de acordo com o Decreto-Lei n. 113 de 4 de outubro de 2018, em vigor desde 05/10/2018.
Fases do Processo de Naturalização

1. Fase Prévia / Preliminar - cadastro e pagamento da taxa:

  • Primeiramente é necessário efetuar o cadastro do requerente junto ao portal do Ministero dell’Interno italiano - Dipartimento per le Libertà Civili e l’Immigrazione – Direzione Centrale per i Diritti Civili, la Cittadinanza e le Minoranze - https://cittadinanza.dlci.interno.it;
  • Posteriormente, deve ser preenchido o pedido online no referido portal, anexando os documentos exigidos por lei;
  • Antes de concluir o procedimento online, deve ser efetuado o pagamento da taxa de €250 ao Ministero dell’Interno italiano, mediante Ordem de Pagamento ao Exterior ou transferência (montante atualizado, consoante Decreto 4 ottobre 2018 n. 113, vigente desde 5 de outubro de 2018):
    • "Ministero dell’Interno D.L.C.I Cittadinanza"
    • Nome della Banca: Poste Italiane S.p.A.
    • IBAN: IT54D0760103200000000809020
    • Motivo della rimessa: Richiesta cittadinanza per matrimonio e nome del richiedente
    • BIC / SWIFT CODE di Poste Italiane: BPPIITRR
    • Euro 250,00
  • Após realizar o pagamento, juntar o comprovante respectivo no portal do Ministero dell’Interno;
  • Finalizado o procedimento, o Consulado efetuará a devida análise do pedido.
2. Fase Instrutória - apresentação dos documentos originais e juramento:
  • Após a aceitação do pedido online, o requerente será convocado, por meio do portal, a proceder a entrega dos documentos originais;
  • O Consulado transmite o pedido em questão ao Ministero dell’Interno italiano;
  • Emissão do Decreto de Naturalização pelo Ministero dell’Interno italiano após cerca de 48 meses / 4 anos a partir da data de protocolo do pedido (Decreto-Lei n. 113 de 4 de outubro de 2018, em vigor desde 05/10/2018);
  • Convocação do requerente pelo correio (com Aviso de Recebimento - AR) para prestar o devido juramento perante o Consulado;
  • Juramento: requerente será considerado cidadão italiano a partir do dia seguinte.
Documentos necessários
  • Formulário “Modello AE” disponível no portal do Ministero dell’Interno italiano;
  • Certidão de Nascimento em inteiro teor emitida há 180 dias no máximo, mediante tradução juramentada e apostilamento, devendo conter obrigatoriamente a data do matrimônio e o sobrenome adotado após o casamento, mesmo quando permaneceu o mesmo;
  • Certidão de Antecedentes Criminais da Polícia Federal brasileira, emitida há 90 dias no máximo, mediante tradução juramentada e apostilamento, podendo ser emitida online - www.dpf.gov.br;
  • Certidão de Antecedentes Criminais de outros países, caso aplicável, na hipótese de requerente que tenha residido fora do Brasil, emitida há 6 meses no máximo, devendo ser juntada em original, devidamente legalizada pelo Consulado italiano competente pelo local de emissão ou com apostilamento e tradução  juramentada,
    • Para informações complementares, é recomendável consultar o endereço eletrônico do Consulado Italiano competente no país que emitiu a certidão em questão - www.esteri.it
  • Documento de identificação, podendo apresentar:
    • Cópia do passaporte válido (páginas contendo os dados pessoais, foto, data de emissão e data de vencimento);
    • Ou também a cópia do RG.
  • Documento (título) comprobatório de conhecimento da língua italiana no nível B1, consoante determinação da legislação italiana a partir de 4 de dezembro de 2018.
Conclusão

Apesar das distinções esclarecidas anteriormente, seja em caso de (a) reconhecimento de cidadania italiana, seja na hipótese de (b) naturalização como cidadão italiano por matrimônio, a pessoa interessada terá a oportunidade de mudar sua vida completamente e expandir horizontes!

Seja qual for o procedimento aplicável, é recomendável efetuar um planejamento de curto, médio e longo prazo, para organizar os documentos, o orçamento e a própria rotina!

Talvez a maior lição no caminho para se tornar um cidadão europeu seja o exercício da disciplina e a abertura para lidar com imprevistos, pois o requerente será constantemente convidado a sair da zona de conforto e assumir a responsabilidade pela sua jornada!





domingo, 13 de janeiro de 2019

Primeiros passos na Itália


A obtenção da cidadania italiana é um procedimento abrangente, que demanda dedicação, organização e, especialmente, planejamento!



Aqui compartilho algumas informações importantes a respeito dos primeiros passos para aqueles interessados em embarcar nessa jornada transformadora!



Investimentos iniciais

Inicialmente os investimentos são mais elevados, pois as empresas fornecedoras de insumos efetuam a cobrança de depósito caução, em torno de €60 em cada conta (água, luz e gás), além do valor consumido.

Apesar do consumo variar dependendo do usuário, é possível calcular em torno de €50 a cada bimestre nos períodos mais frios, para cada serviço.

Como economizar?

As cobranças costumam ocorrer a cada dois meses. Uma sugestão para economizar nessa fase é abrir uma conta bancária e colocar as contas em débito automático, um procedimento chamado domiciliazione. Com isso, todos os depósitos caução serão devolvidos antes do final dos contratos! Ainda, se o plano é fixar residência na Itália por tempo indeterminado, recomendo efetuar também a auto leitura do seu consumo, além de calcular qual valor cobrado por metro cúbico, de acordo com as informações constantes nos boletos, para negociar condições melhores com outros fornecedores.

Eu abri uma conta pelo sistema dos correios Poste Italiane, com custo mensal de €4 que permite colocar os boletos em domiciliazione e fornece um cartão de débito com recarga. O usuário pode utilizar qualquer agência dos correios como agência bancária, em toda Itália, além dos caixas automáticos para sacar dinheiro.

Outra vantagem, além do atendimento preferencial nas agências, é que é possível realizar o pagamento dos aluguéis e outras contas por meio da conta bancária, além de ser possível transferir dinheiro para essa conta por meio de TransferWise online, de forma totalmente segura e com taxas reduzidas.

https://www.poste.it/


                    

Dicas importantes

Além disso, recomendo comprar um chip de celular para que o oficial do comune possa fazer contato com você no decorrer do processo de reconhecimento de cidadania italiana, o que fica em torno de €15 por mês, podendo variar dependendo da operadora e do plano escolhido (dados, minutos para ligações, etc).

Relativamente às passagens aéreas, é recomendável comprar voos diretamente para Itália. Caso haja conexão em algum dos países que fazem parte do Acordo de Schengen, será necessário comparecer na Questura carimbar sua declaração de presença no ufficio immigrazione. A Questura é um órgão equivalente à Polícia Federal e fica na capital de cada província. Nesse procedimento não é possível agendar horário e geralmente o ufficio immigrazione é bastante movimentado, por atender todas as questões relacionadas com imigração. Por isso, voos diretos poupam tempo e despesas!

Aeroportos internacionais mais próximos da região norte: Milano Malpensa, Venezia Marco Polo, Guglielmo Marconi em Bologna e Verona Villafranca.

Importante: antes de escolher o imóvel para alugar, lembre de entrar em contato com o oficial do comune escolhido para verificar se existe disponibilidade para realizar seu processo no período em questão!



Obtenção do reconhecimento da cidadania italiana em resumo

O processo é dividido em duas fases:

(1) Primeiramente é preciso comprovar que está residindo na Itália por um certo período (inexiste previsão de lapso temporal exato), possibilitando, assim,

(2) Solicitação do reconhecimento da cidadania italiana.

Dessa forma, primeiro é solicitada a inscrição como residente do comune perante o ufficio anagrafe, sendo necessário aguardar a visita do vigile urbano para certificar a moradia (accertamento residenza).

Após a inscrição como residente perante o ufficio anagrafe, é possível solicitar o reconhecimento da cidadania italiana perante o ufficio stato civile!

Contrato de aluguel (contrato di affitto)

Considerar os valores envolvidos quando da formalização do contrato de aluguel: 

- €65 taxa Agenzia delle’Entrate para registrar o contrato;
- depósito caução (normalmente equivalente a 3 meses de aluguel, devolvidos ao final do período);
- valor da primeira parcela do aluguel.

Os contratos são normalmente formalizados estabelecendo o prazo de aviso prévio de 3 meses quando da desocupação do imóvel (preavviso disdetta).

Com planejamento de curto, médio e longo prazo, além de disciplina, será uma jornada recompensadora, de muito aprendizado e desenvolvimento pessoal!



terça-feira, 25 de dezembro de 2018

Bruxa Velha Inspiradora

A Bruxa Velha 

Algo que aprendi recentemente é que existe uma tradição remanescente de costumes pagãos antigos na península italiana, segundo a qual se espera um tipo de bruxa anciã, ou seja, uma figura do sexo feminino chamada Befana, que atravessa o céu voando numa vassoura e entra nas casas pela janela.



Quem se comportou bem recebe caramelos, quem se comportou mal recebe carvão ou alho.


O nome Befana deriva da palavra epifania, com raiz grega πιφάνεια (epifáneia), tendo se transformado nas variações bifanìa e befania.

Achei interessante essa tradição conectada com o conceito de epifania, que significa um tipo de revelação, insight ou até mesmo iluminação, como se fosse um tipo de inspiração suprema.

Em algumas regiões, como no norte da Itália, acontece em janeiro a celebração da Fogueira da Befana (Il falò della Bafana), considerado um ritual de purificação para propiciar inspiração para o próximo ano.

Sou fascinada pela simbologia das tradições consolidadas na história da humanidade, pois revelam aspectos muito reveladores da nossa origem e dos ritos inventados para marcar a passagem do tempo, os ciclos.

Aparentemente existe uma conexão com os fenômenos da natureza para indicar transformação: um ciclo que se fecha para proporcionar uma espécie de renascer.









terça-feira, 13 de novembro de 2018

Superando bloqueios

Muitas vezes o universo nos presenteia com situações que nos tiram totalmente da zona de conforto e somos forçados a encarar nossos medos e bloqueios mais profundos.
Vibrar na zona do medo pode ser paralisante e, em certas ocasiões, o nível de stress ao qual somos submetidos é tão intenso que todo nosso combustível emocional se esgota.

Morar e trabalhar em outro país é um grande sonho que representa, ao mesmo tempo, uma enxurrada de desafios, como a comunicação em outro idioma, compreensão de uma nova cultura, estar longe da família, dos amigos e, enfim, se perceber essencialmente isolado.

Até mesmo as atividades mais banais como a ativação dos serviços de água, energia elétrica, gás, contratação de internet para o celular e para a residência, abertura de conta bancária, declaração do imposto de renda, abertura de pessoa jurídica, noções de contabilidade, separação do lixo e disponibilização para coleta de acordo com as normas locais, receber o técnico para limpar o sistema de calefação, avisar o proprietário do imóvel alugado que suas lâmpadas queimaram e será necessário buscar a escada para desparafusar os lustres, decidir se avisa para a imobiliária que algum vizinho começou a descartar o lixo de forma inadequada gerando a posibilidade de multa para o condomínio,  dentre outras, podem parecer confusas e até perturbadoras.

Mesmo tendo lido a respeito dessa parte burocrática anteriormente, sou uma pessoa preferencialmente introvertida e algo que me ajuda nesses momentos de indecisão e frio na barriga, para suportar a compreensão de que na prática, só podemos contar com nós mesmos para resolver as situações e movimentar a engrenagem da vida, é treinar ainda mais a capacidade de auto observação.

Isso envolve, como sempre, respirar de forma mais consciente e profunda por algumas vezes, percebendo o movimento do corpo enquanto o ar entra e sai dos pulmões.
Além disso, mesmo durante sensações ou emoções desagradáveis, adotar uma postura de observador e procurar se perceber mesmo no meio do drama. Notar, por exemplo, como os olhos e os pulmões ardem e o rosto tende a se contorcer logo antes de escorrerem lágrimas, como as estranhas se contraem e o coração acelera quando estamos com medo, como a garganta pulsa quando queremos falar algo e somos impedidos de nos expressar por alguma razão.

O mesmo pode ser aplicado para notar como o tórax parece se expandir e o coração bate com força quando experimentamos sentimentos de contentamento ou empatia, como os ombros e o maxilar relaxam quando experimentamos sensações de plenitude, como a coluna parece até esticar quando nos percebemos gratos por algum acontecimento, como os lábios e o canto dos olhos possuem a tendência de relaxar quando experimentamos o sentimento de realização.

Isso nos ajuda, aos poucos, a compreender melhor nossos padrões mentais de fuga da dor e busca pelo prazer. Estar fora da zona de conforto é uma grande chance para finalmente superar certos medos e bloqueios.

De acordo com a filosofia oriental, há um entendimento no sentido de que inexistiria caminho fácil. Isso nos mostra a importância de aplicar filtros de percepção elevados, mesmo diante das situações de dor ou frustração, pois os desafios e os momentos de sofrimento representam oportunidades de transformação e crescimento profundos, quando poderemos olhar para nossas sombras de forma honesta e transparente, jogando luz mesmo em nossas partes mais obscuras.







domingo, 11 de novembro de 2018

Boschi Sant’Anna: neblina e silêncio





















Desço do trem cedinho numa estação bem pequena. É começo de outono e todo cenário está coberto por uma neblina úmida. Boschi Sant'Anna é um comune da Província de Verona. Conforme consta no site do comune, no ano de 1.400 a região era ocupada por um bosque de 15 quilômetros quadrados de extensão, correspondente atualmente à área total da cidade, que servia como reserva de lenha para a República de Veneza e foi destruído por decorrência das disputas por conquistas territoriais. 

Vou caminhando até o centro no ar gelado da manhã e a cidadezinha está totalmente deserta. 





















Apesar de não me considerar necessariamente uma morning person (indivíduos cuja preferência de funcionamento é matutina), adoro esse “clima matinal”! Parece que a cabeça fica mais límpida e a atmosfera em geral mais serena.




























Chego no comune antes do horário de abertura e posso aproveitar alguns minutos de contemplação na pracinha principal, observando o gramado com uma camada bem fina de água congelada e as flores aparentemente recém colocadas aos pés da tradicional estátua em homenagem aos soldados que morreram defendendo a nação.

O comune é um prédio relativamente grande em comparação ao tamanho da cidade. Sou atendida por um funcionário muito cortês e ágil.


Por alguma razão essa missão me fez refletir a respeito da nossa breve existência.
O tempo passa como areia que escorre pelos dedos. A impermanência é constante.
Quais são nossas prioridades?
Com quais assuntos queremos preencher nossas mentes?


quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Apresentação



Meu nome é Estefania De Marchi, nasci em Curitiba, estado do Paraná. Fui advogada no Brasil, exerci essa profissão por mais de 10 anos e em 2018 tomei a decisão de vir para a Itália.
Imprimi o SagaBook do Fabio Barbiero, que veio debaixo do braço!

Obtive o reconhecimento da minha cidadania em cerca de 48 dias, foi um processo transformador mentalmente e emocionalmente, de muitas aventuras!

Sou muito grata por todos os aprendizados e, especialmente, ao Fabio Barbiero, por compartilhar sua sabedoria e experiência!




Minha missão é causar impacto positivo na existência das pessoas e inspirar a evolução constante.

Obter o reconhecimento da cidadania foi um processo extremamente enriquecedor e gratificante, realmente mudou minha vida! 

Gradualmente recebi pedidos de buscas de documentos, pesquisas genealógicas e assessoramento com outros processos de cidadania. Tudo aconteceu de forma orgânica e natural.

Por isso é uma honra fazer parte do processo de resgate da ancestralidade de outras famílias interessadas. Tenho consciência do valor que isso representa!




Acredito em compartilhar vivências e informações para a evolução de toda a humanidade!

Temos um canal aberto para trocar ideias a respeito da organização dos documentos, busca dos documentos originais na Itália, obtenção de certidões em inteiro teor no Brasil, tradução juramentada, apostilamento, retificações, passagens aéreas, aluguel de imóvel, inscrição como residente no Comune, procedimento de reconhecimento de cidadania, attestazione di mancata non renuncia, transcrição da certidão de nascimento / casamento junto ao Comune, solicitação da carteira de identidade italiana, passaporte italiano, cultura na Itália, bem como demais temas relacionados.

Contato por e-mail: estefania@dda.adv.br
Instagram: iste1984

Contem comigo! Buona giornata e tanti auguri (boa jornada e bons agouros)!
Grazie mille (muito obrigada)!